Decoração Faça Você Mesmo - D.I.Y Lá em Casa Quarto

Repaginada no Quarto da Praia

18 de março de 2015
repaginada-no-quarto-da-praia

Quem nos conhece sabe, a gente não é muito de ficar parado não. Adoramos ficar de boa no nosso apartamento, descansando e curtindo filmes e seriados com o Dylan no sofá, mas também adoramos colocar a mão na massa e nos divertir com os nossos projetos de “faça você mesmo”.

Esse ano nas férias não foi diferente. Nós dois geralmente passamos o Natal e o Ano Novo no galpão de praia da família Citton Brehm. Isso é, minha família não tem uma casa na praia, mas sim um galpão rústico de madeira que está quebrando um galho até rolar aquela graninha para fazer uma casa. Como os cômodos lá são provisórios, uma vez que o galpão será destruído para dar espaço para a casa nova, não queríamos gastar nada muito para dar aquela repaginada no quarto.

repaginada no quarto da praia

O que a gente mais sentia falta no quarto, além de alguma decoração, era de algum móvel para colocar nossas roupas, visto que só estávamos com um gaveteiro pequeno no cômodo. Como sobram muitos e muitos pallets da empresa da minha família e sempre temos alguns na praia para quebrar um galho, decidimos fazer uns caixotes com as madeirinhas dos pallets, pra economizar mesmo. Só precisamos comprar uma tábua mais larga para fazer o fundo e as laterais dos caixotes, acho que cada tábua custou uns R$ 10 e não usamos nem duas inteiras.

A princípio a gente só ia lixar as madeiras mesmo e construir os caixotes, mas como sempre, achei que um toque de cor ia bem. Por sorte tinha uma lata de tinta branca meio parada por lá, aí compramos uns corantes de R$ 3 (MUITO barato!) e tingimos a tinta. Pintamos apenas a parte interna dos caixotes, por fora deixamos a madeira na cor natural dela. Fizemos tudo meio que sem frescura cuidados mesmo, não isolamos com fita crepe, demos só duas demãos de tinta e ó, já ficou bem bacana.

repaginada no quarto da praia

A ideia inicial era só fazer os caixotes e pendurar eles na parede… Mas é claro que os hiperativos que não conseguiram ficar dormindo em um dia de chuva na praia precisavam inventar mais alguma coisa. Foi aí que surgiu a ideia de pintar a parede atrás da cama de chevron. A nossa cama na praia é totalmente sem graça,  minha mãe comprou ela em algum brick de móveis usados por, sei lá, R$ 100, e ela ficava ainda mais sem graça com uma parede lisa de madeira atrás. Aí resolvemos isso estampando um chevron verde-água na parede.

repaginada no quarto da praia

Primeiro o Dudi recortou um molde em cartolina e foi riscando na parede, com lápis mesmo. Aí foi só demarcar tudo com fita crepe (e ficar com uma dor monstra nas costas/panturrilhas). Depois veio aquela ajuda familiar. Eu pintei um pouco, minha mãe pintou um pouco, o Dudi pintou um pouco, enfim, só faltou o Dylan pegar no pincel. Quando terminamos, ficou tão lindo e a gente tinha tanta preguiça, que ficou com uma demão só de tinta, mas cobriu super bem.

repaginada no quarto da praia

Aí foi só finalizar tudo com alguns detalhes… O radinho de pilhas amarelo foi presente de uma amiga, que lembrou da gente em Miami. O vasinho de flores comprei naquelas lojinhas de R$ 1,99, assim como as flores artificiais. A lanterna de papel é super antiga e compramos na Liberdade, em SP. O filtro dos sonhos foi um achadinho com aqueles peruanos, bolivianos, sei lá eu, que vendem tralhas pela praia mesmo.

Já o alce azul… que novela. Compramos ele ano retrasado para enfeitar a nossa sala no apartamento. Depois de passar muitos e muitos dias pintando ele com tinta spray na praia, no penúltimo verão, trouxemos ele pra casa apenas para descobrir que a tinta não estava bem seca e ele ficou todo grudado e detonado. Ficamos muito putos tristes e por pouco o Dudi não jogou ele no lixo no meio da raiva. Salvei ele no último minuto e escondi na lavanderia, mas nem eu lembrava do pobre alce, até mexer por lá e encontrar ele. Como o costume aqui no Rio Grande do Sul é: tudo que não serve pra mais nada vai pra casa da praia, óbvio que levei o alce pra lá. Aí resolvemos estragar mais a pintura, detonamos ele um pouco com a lixadeira e mais um pouco com lixa manual e não é que ele ficou ótimo na parede chevron?

repaginada no quarto da praia

 

No fim o nosso quartinho ficou tão, mas tão fofo, que ganhou matéria no site casa.com.br, e num blog muito amado chamado Medo da Pressa. O pessoal do site casa.com.br foi meio generoso quando disse que gastamos R$ 50 para repaginar o quarto, na verdade se gastamos R$ 30 foi muito.

Por isso sempre aconselhamos: não jogue nada fora. Poucas coisas não se consertam com um pouco de tinta e muita criatividade!

You Might Also Like

No Comments

Deixe uma resposta